Dificuldades financeiras, demissões em massa de Barcelona

A situação financeira difícil está levando o Barcelona a realizar cortes contínuos de pessoal antes do início da nova temporada.

Segundo o CrackstreamsTV, o Barcelona decidiu não renovar o contrato do representante responsável pelos assuntos da equipe principal, Gonzalo Rodriguez. A notícia da demissão de Gonzalo causou grande surpresa aos jogadores e à comissão técnica. Gonzalo conquistou o respeito e o carinho de toda a equipe desde que começou a trabalhar com o time principal há dois anos. Anteriormente, Gonzalo passou um tempo envolvido com a equipe feminina.

Em substituição a Gonzalo, está Carlos Naval. Essa é outra decisão difícil de entender. Aos 68 anos, acredita-se que Naval terá dificuldade em lidar com a grande carga de trabalho no Camp Nou. No entanto, Naval possui um profundo conhecimento do clube, tendo estado ligado ao clube catalão por mais de 50 anos.

Da mesma forma, o chefe do departamento de nutrição, Toni Lizarraga, também deixará o clube quando seu contrato expirar no final deste mês. Silvia Tremoleda, especialista em nutrição da equipe principal, assumirá o cargo de Lizarraga, além de assumir também o trabalho com as equipes jovens e feminina.

O clube sediado no Camp Nou também anunciou o fechamento da Barca TV no final deste mês. A decisão do atual campeão da La Liga resultará no desligamento de 120 funcionários da área de comunicação.

“A situação financeira instável e a necessidade de cortar gastos estão criando um cenário verdadeiramente sombrio”, escreveu o MundoFut. “Atualmente, ninguém sabe ao certo qual será o seu destino no Barcelona”.

O que está acontecendo mostra que o Barça está ficando sem dinheiro e está apenas tentando criar uma fachada, enganando todos acreditando que o clube tem capacidade de realizar transferências espetaculares. Portanto, eles não conseguem trazer Lionel Messi de volta ao Camp Nou.

Em 8 de junho, Messi anunciou sua adesão ao Inter Miami na MLS (Estados Unidos). A forma como o Barcelona lidou com a questão deu a sensação aos fãs de que eles estavam se esforçando muito para trazer Leo de volta ao Camp Nou, mas a decisão final veio do próprio astro argentino.

Nas redes sociais, os torcedores criticam Joan Laporta como “um mentiroso”. Mundofut disse, O presidente do Barcelona é acusado de nunca ter desejado a contratação de Messi novamente. Laporta até sabia que o clube estava com problemas financeiros e que a assinatura de um contrato com o detentor de 7 Bolas de Ouro era algo impossível.

Atualize as notícias nos bastidores do futebol no VipLeagueTV.